terça-feira, 23 de julho de 2013

Dona Ursinha

Dona Ursinha
Arapongas, 23 de julho de 2013 21:51

Dona ursinha, minha fofinha namorada
Que está ao meu lado sempre a me encher de seus carinhos amorosos
Me abrace e venha passar um tempo comigo por toda a eternidade
Faça de nosso momento a mais pura verdade

Dona ursinha, minha namorada fofinha
Que está sempre a choramingar que meu afeto não é o bastante
Deixe-me acariciar o seu rosto, beijar sua boca
Te abraçar e rodar pra lá e para lá até meu peito ficar ofegante

Dona ursinha, minha usurpadora
Que fica sempre querendo mais e mais beijos meus
Que nunca está contente na minha forma de amar
Que sempre chora e pede uma mudança a Deus

Dona ursinha, minha fofinha que me ame agora
Que no mesmo dia que pede para abraçar
De maneira amorosa me morde, abraça e aperta
Sussurra em meu ouvido e suavemente pede “me faça gritar”

Minha ursinha, doce ursinha
Ursinha de duas patas e um metro e setenta
Que me diz “miau miau miau” para ser meiga e doce
Que adormece em meus braços e que nunca se aguenta

Minha ursinha...
Parceira que está comigo e que vive em meu dia a dia
Esteja comigo para muitos desafios e aventuras
Esteja sempre ao meu lado... De seu namorado que sempre sorria

Helder Henrique do Nascimento Peres