sábado, 27 de agosto de 2011

Rápida Poesia de Sábado!


Rápida Poesia de Sábado!
27/08/2011 9:35

Tenho que ir trabalhar, não posso perder tempo
Preciso evoluir crescer, e amadurecer
Não há mais piedade para o jovem viajante e sorridente
Já se foi o tempo de me acomodar com as coisas boas, e deixara bondade acontecer

Não é preciso mais nada para deixar para trás as alegrias da infância
Talvez, se ela me desse um pouquinho mais de amor e tolerância
Eu ainda teria dinheiro para pagar o aluguel, mas já faz quatorze meses
E ela nunca mais me deu notícias, nem por isso me deprimo às vezes

Sempre assumi responsabilidades, pequenas, de criança e adolescente
Mas, mesmo assim, ao terminar sempre fiquei com o resultado, contente
Mas agora tudo mudou, tenho que me adaptar, sua terra é diferente
Mesmo morando na mesma cidade, vivemos cada um em um mundo co-existente

Tenho que pensar no que vai acontecer daqui para frente!
Tenho que me tornar um pai mais presente!
Mas antes preciso do emprego que vossa instituição oferece
Imploro, quase que de joelhos, mas mesmo assim você age como “ninguém merece”

Preciso comprar uma casa, para casar!
Mas antes preciso de uma boa formação!
Se você não funcionar computador idiota, eu não poderei me formar
Faça o que eu mando, eu sou o programador mestre, COMEÇE A FUNCIONAR!

É importante para mim, formar uma família!
Mas não tenho emprego, não tenho formação nem casa nem salário
Não tenho carteira de motorista, que você Srta. Dinherista quer
Só tenho sonhos, e tenho sentimentos. E você, a ganância de mulher

Mas isso não importa!
Em breve eu serei o melhor poeta, que esse norte já viu!
Farei carros, motos, computadores se curvarem aos meus comandos!
Nunca desistirei de ser feliz enquanto eu morar no Brasil!

Mas até esse temo passar, preciso te abraçar
Mesmo que não sinta nada por mim, de verdade
Preciso renovar minhas esperanças para vencer nessa região urbana
Onde o sucesso  é baseado por possuir um veículo, e não amor e sinceridade!

Helder Henrique do Nascimento Peres 10:08