terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Em uma cama de rosas


Em uma cama de rosas

Arapongas, 1 de janeiro de 2013 12:33

Eu gostaria de te lembrar que eu estive ao seu lado, quando você não tinha namorado
E que eu segurei fortemente sua mão, quando você havia perdido o juízo e a noção
Naquela vez te acariciei e abracei fortemente, quando na chuva tu estavas carente
E toda hora, eu te pegava no colo segurando sua mão e te fazendo um cafuné com demora

Mas você, por motivo nenhum não quis mais me ver
Fiquei te esperando na mesma praça, mas você não apareceu e me deixou sem graça
Tentei lhe fazer feliz, mas você de maneira egoísta me rejeitou e empinou o nariz
Queria estar ao seu lado, ser seu príncipe amigo e seu fiel e ardente amado

Mas nunca que eu pensei agora, que um dia sem mais nem menos você fosse embora
Durante dias e dias fazendo nada lhe dei tudo, e você fazendo tudo não me deu nada
Lhe dei toda a esperança contida em meu coração , toda a certeza de uma paixão
Mas você com sua imaturidade feminina me deixou para trás como um lixo em uma latrina

E agora te espero bem calmo, e ao mesmo tempo esperando nada procuro uma namorada
Você era minha amiga, minha confidente minha elegante abraçante
Se foi, me deixando para trás, de um jeito frio como não se faz
Não me culpo por sua ignorância rebelde, tenho muito amor para doar e procuro quem pede

Hoje só quero abraçar contra meu peito uma moça amorosa, cheia de carinho e totalmente fogosa
Quero me deitar com se corpo feminino sobre o meu, em uma cama cheia de rosas cor-de-rosa
Quero poder sentir o calor do seu toque, a suavidade de sua mão em meu rosto em seu enfoque
Preciso de uma palavra meiga de uma moça sonhadora, que quer se molhar em cama acolhedora

Não tenho tempo a perder, não quero desperdiçar meus toques amorosos de prazer
Com a lembrança de um lixo como você, que me deixou para trás sem razão e porque
Quero ter alguém para poder abraçar por meia hora, sem perder tempo é agora!
Por isso caia fora velha lembrança, que venha a nova, maus pura mais bonita esperança

Helder Henrique do Nascimento Peres 13:17