sábado, 16 de fevereiro de 2013

Um dia que tem duas 11 horas


Um dia que tem duas 11 horas
Arapongas, 16/02/2013 23:03

Tenho uma hora a mais para ficar acordado
Tenho uma hora a mais para dormir amanhã
Tenho uma hora a mais para ser o seu namorado
Tenho tempo para curtir minha vida

Quero mais poder te abraçar e olhar profundamente em seus olhos
Apertar você contra o meu peito e rodar-lhe para lá e para cá
Beijar a sua testa de leve e segurar sua mão, sentir a textura de sua boca
Tenho uma hora a mais para te aconchegar em meus braços calorosos do Paraná

Quero olhar profundamente eu seus olhos e chamar-lhe de parceira
Tenho mais uma hora para aproveitar cada segundo sentindo sua pele
Tenho tempo para te chamar de minha, tenho tempo para não lhe deixar sozinha
Quero ter mais tempo antes que o destino essa oportunidade sele

Quero mesmo lhe deixar, e não posso desanimar
Quero tanto, tanto me sentir em paz
Abrir um caminho e seu corpo, ser marido, seu amante, seu rapaz
Por que eu tenho uma hora, ah graças a Deus, uma hora a mais

Tenho uma para beijar seu rosto ferozmente
Tenho uma hora para sentir os seus lábios de tato ardente
Tenho mais uma hora para segurar seus dedos e sua mão
Tenho mais uma hora para sentir seu corpo fazer parte do meu, em meu coração

Tenho mais uma hora para dizer que você merece um carinho
Tenho mais uma hora para lhe fazer cafuné
Tenho mais uma hora para explorar seus encantos íntimos de mulher
Tenho uma hora para expressar meu amor da maneira que eu quiser

Helder Henrique do Nascimento Peres 23:13 (segunda 11 hora do horário normal)