segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Ao Sul


Ao Sul
Arapongas, 20/02/2012 14:00

Era de manhã quando
 Eu te liguei
Quando a vento tocava
Seu duro plástico
Suas luzinhas
Que eu adorei ver
Na noite que eu
Te joguei, hei!

Quando finalmente por fim eu zerei
Achei lá dentro
Do baú esse mapa pro Sul
Olho pra a tela
E nela posso ver
A expansão que sempre sonhei, hei!

E eu sigo para Sul
Como o mapa do baú
Como no jogão
Mais uma missão
Ao Sul como uma colina
Quando é verdão
Tão duro ir para o Sul
Que acho que não da não

E eu sigo para Sul
Como o mapa do baú
O Sul do da Ilha Sul
Que não é a do Knuckles, não
Ao Sul como um ouriço
Que corre então
Seguindo para o Sul
Seja onde eu for!

Como uma esmeralda
Que tanto juntei
É a aventura que
Sempre joguei, ao sul
Onde eu vou, eu quero saber
Só sei que ao sul eu irei, hei!

São mil sustos
De horror por você
Raio de Amy!
Cai fora eu vou ao sul
E com placa parada ao sul
Para ela tenho que correr...

E eu sigo para Sul
Como o mapa do baú
Como no jogão
Mais uma missão
Ao Sul como uma colina
Quando é verdão
Tão duro ir para o Sul
Que acho que não da não

E eu sigo para Sul
Como o mapa do baú
O Sul do da Ilha Sul
Que não é a do Knuckles, não
Ao Sul como um ouriço
Que corre então
Seguindo para o Sul
Seja onde eu for!

Helder Henrique do Nascimento Peres 14:26

OS: Esta é uma paródia da música “Azul” dos vários artistas que a interpretaram.
Inspirada nas paródias daquele cara. Sim aquele cara que tem um joystick e um violão.