quinta-feira, 8 de março de 2012

Projeto Paraná: Natural de Londrina


Projeto Paraná: Natural de Londrina
Arapongas, 08/03/2012 22:55

Sou um reles morador de uma cidade pequena do interior do reino do Parannah
Moro em um bairro pobre e não tenho expectativa de futuro próspero
Meu nome é Junior e apesar de ter apenas quatorze anos, não posso dizer que a vida é fácil
Afinal, todos sofrem com a guerra. Ninguém é feliz e vivem o com o abandono desta terra

O eu não sei o porque estamos quase a beira da miséria, ou se já estamos nela
Temos pouca comida, o campo já não produz mais tanto
E tem gente que não tem mais o que por na panela
Refletindo na natureza, a miséria e a tristeza que temos em nossos corações

E se não fosse isso o pior de tudo, ainda tem aquele bando de vagabundo
Ladrões que semanalmente veem saquear o pouco que temos, só por diversão
A maioria dos habitantes são velhos e não podem revidar, a policiar e o apoio militar
Estão todos na guerra que não traz nada de bom para esta nação

Mas eu não posso desistir, sou natural de Londrina
Não posso desistir sem ao menos lutar, tenho que aprender a me defender
Não posso deixar as coisas como estão e nunca mais ir ver aquela menina
Tenho sair daqui e procurar uma situação melhor, ou se não, simplesmente morrer

Todos acham que eu não posso, mas tenho que parar essa guerra
Marcharei para a capital do reino e pararei com esta loucura
Farei os homens se entenderem e farei com que nossa vila tenha mais segurança
E assim as pessoas poderão viver mais felizes e com a natureza fazerem uma nova aliança

Não vou poder deixar as coisas como estão!
Partirei agora mesmo, sem ouvir as pessoas lamentando suas próprias fraquezas
Meu rumo sigo em busca de sábios guerreiros para me treinar
Não sei o que me aguarda, mas com certeza novas proezas!

Em meio ao meu treinamento, conheci um novo amigo, o Cyber Saci
Ele também busca mudar as coisas, mesmo que de um jeito diferente do meu
Em uma nova jornada seguimos o mesmo destino: parar a guerra e fazer a diferença
Vamos lutar juntos e vencer desafios, subindo de nível para atingir o apogeu

Já na próxima cidade, bem perto da quaresma, encontramos um sujeito
Cujo seu nome verdadeiro ele tinha vergonha, mas todo mundo o chamava de Lobisomem Guará
Não sabemos muito sobre ele, mas ele é um cara quebrado de grana que busca dinheiro
Não importa que ele seja mais um tintando ganhar a vida aqui no reino de Parannah

Estamos todos tentando mudar as coisas, e em nosso grupo é claro que ele entrará
E se nós vamos conseguir?É claro que sim! Se nenhum de nós desistir!
Nós três temos o poder de alcançar o poder para vencer
Não vamos nos render, pois ainda pertencemos á este lugar, o reino do Parannah!

Helder Henrique do Nascimento Peres 23:26