segunda-feira, 4 de março de 2013

Lar dos Poetas Fracassados


Lar dos Poetas Fracassados
Arapongas, 04/03/2013 22:14

Eu não vou desistir de ter alguém como você ao meu lado quando o inverno chegar
Mesmo que o meu cosmo não consiga acender uma vela de um real e noventa centavos
Vou procurar pelo mundo, quero mudar o mundo, para encontrar a liberdade de amar
Onde eu tenha permissão para ser um Lendário Sonhador de rosas e cravos

Meu ki não é o bastante para chegar ao seu coração e ser aprovado por todos
Meu chakra não é mais o mesmo de antes quando éramos mais novos e amávamos
Amávamos a liberdade que tínhamos nesse Conto de Fadas que era para sempre azul
Nunca lamentamos perder o dia da noite em éramos os melhores do mundo idolatrávamos

Eu gostaria de sempre estar com aquela dama de belos olhos castanhos e cabelos negros
De fundir-me a ela em uma amorosa digivolução de DNA em um eterno romance súbito
Mas nunca tive a chance, pois a vida ativou sua carta armadilha pra mim e não pude escapar
Este caderno de morte em que vivo, está escrito todos os meus lamentos e fracassos fajutos

Eu que nunca fui um poeta qualquer, sempre fui um lutador de rua que nunca me rendia
Mas agora acho melhor render-me agora, eu preparar para lutar contra a dura realidade
De não conseguir ser tão bom assim, sou fracassado, não consigo o olhar de nenhuma menina
Não tenho mais boas rimas, bons lamentos, nem mesmo o amor de Hina

Penso e desistir de ser um poeta, penso em deixar de rimar
Mas ainda há um refúgio, um lugar onde posso chamar de lar
Um local onde todos aqueles que abandonaram a esperança vão ser abandonados
Quando você é devagar demais seu único refúgio é o Lar dos Poetas Fracassados

Mesmo que esse seja o seu jeito de viver e ninguém nunca foi igual e que
Basta elevar o cosmo de seu coração, e que você tenha a força para lutar dentro de nosso corações
No presente, no futuro, indo aonde for vá de bicicleta, de bicicleta, de bicicleta...
Já que séculos passam em um segundo, não deixe o tempo passar sem aproveitá-lo jamais

Helder Henrique do Nascimento Peres  22:42